sábado, março 24, 2012


Você sabe marcar seu côncavo ?

0
Dicas sobre marcação de côncavo, que é um assunto que eu tenho certeza de que muita gente tem dúvidas.Muitas vezes aprendemos a nos maquiar vendo fotos/vídeos de pessoas que possuem um formato de olho bem diferente do nosso. Ou queremos copiar o esfumado da atriz na novela, mas nunca fica igual. Ou então saber onde é o danado a gente até sabe, mas daí a saber o que fazer com ele + um pincel + uma sombra, já vai um caminho…  
É que cada tipo de olho demanda um tipo de marcação de côncavo, e nos resta observar o nosso pra saber o que fazer.

O mapa da mina

Com problemas pra identificar o seu côncavo? Bom, ele fica exatamente entre a pálpebra móvel e o 
ossinho do olho.
Pra ilustrar, vejam essa foto abaixo.

Dependendo do seu tipo de olho, e também do efeito que você quer com a maquiagem, a sombra pode “subir” mais ou menos. Mas quando a gente ouve falar de marcar o côncavo, esse é basicamente o desenho.
Qualquer pincel serve?
Sim e não. Não tem aquela história do jeitinho brasileiro? Então.
Não há dúvidas que bons pincéis fazem muita diferença no acabamento do make. Mas se você não tiver um pincel de esfumar, fazer o quê? Dar um jeitinho, uai! Já esfumaram meu olho até com pincel chanfrado! rs
Mas esses são os indicados:


Na hora de escolher qual pincel será usado pra esfumar, pense no que você quer.
Pra obter um efeito mais marcado, escolha um pincel de cerdas firmes, como o 219 ou o 217 da MAC (fotos 1 e 2 respectivamente). Pra um côncavo bem esfumado, escolha pincéis mais macios, como o E50 da Sigma (foto 3) ou o 224 da MAC (foto 4). Pra saber se um pincel é macio ou firme, basta bater com a ponta dos dedos na ponta das cerdas – se o dedo “afundar”, o pincel é macio; se ”espetar”, é firme.
E se você não tiver um pincel específico pra esfumar, improvise: pincéis de boca geralmente dão pro gasto .

Comofás!
Passe o pincel na sombra, retire o excesso, e comece a movimentá-lo de fora dentro. Daí faça movimentos de vai e vem – do canto externo pro interno e vice-versa.
Pro esfumado ficar bem suave, faça movimentos curtos do côncavo pra fora.
Tem quem goste de fazer movimentos circulares também – pessoalmente, acho o mais difícil.
Todo cuidado é pouco na fronteira entre as cores (pálpebra móvel pro côncavo, côncavo pro arco da sobrancelha). O diferencial do make bem feito é esse! A passagem de uma cor pra outra deve ser homogênea.

A cor ideal pra esfumar
Os marrons são coringa, vão com tudo. Se você quiser um efeito bem suave, tipo não-make, use uma sombra bege ou amarronzada apenas uns dois ou três tons mais escura que a sua pele. Pro dia a dia, evite o preto, especialmente se você trabalhar em ambientes mais formais.
E pra não manchar a maquiagem, use o truque da passagem de cor: se a idéia for fazer um côncavo preto, comece com uma sombra bege, depois aplique a marrom e só então a preta; se for um olho roxo escuro, aplique primeiro um bege rosado, depois um lilás e por último o roxo.
E lembre-se: como o objetivo é marcar/delimitar a área, use de preferência sombras opacas.

A sobrancelha é o limite!
Até onde levar o esfumado? Coloque o cabo do pincel sobre dois pontos, o canto externo do olho e o final da sobrancelha. Daí pra dentro é que você vai trabalhar o esfumado.
Passando dessa linha imaginária, você corre o risco de ficar com aspecto de olho caído. Limpe a sombra que ultrapassou o ponto com uma esponja queijinho (se for muito escura, comece pelo olho ao invés da pele, e use um cotonete com demaquilante).

Côncavo personalizado
Veja na imagem abaixo onde você deve marcar, escurecer e esfumar o côncavo de acordo com cada formato de olho:

quarta-feira, março 21, 2012


Lipoaspiração à laser

0
Fonte


Com a chegada do verão nós todas ficamos enlouquecidas na hora de mostrar o corpinho na areia… Sonhamos com aquela barriguinha chapada, bumbum durinho e coxas definidas… mas já contamos com uma técnica nova de lipoaspiração, bem menos agressiva, que elimina as gordurinhas localizadas, tão difíceis de queimar na academia.
Estou falando da lipoaspiração à laser… Nós já conhecemos outras diversas aplicações do laser na estética, como tratamento para eliminar tatuagem, tratamento de varizes, depilação, etc… O bom dos raios laser é que sua aplicação é seletiva, ou seja, o cirurgião pode determinar o comprimento de sua onda para atingir locais bastante específicos. Recentemente foi descoberto que, determinado comprimento de onda, é capaz também de destruir as células de gordura, transformando-as em óleo para serem aspiradas por uma cânula… não é o máximo? Ao invés do cirurgião te deixar toda marcada e cheia de hematomas usando somente a cânula, agora o processo ficou bem mais suave e seu pós-operatório é muito menos dolorido.
Quais as vantagens? Você perde menos sangue e sais minerais, já que o laser não machuca tanto os vasos sanguíneos. Outra vantagem é que o inchaço do pós-operatório é muito menor e você pode voltar às atividades no dia seguinte. Outros méritos do laser são facilitar a pontaria do cirurgião, que pode ver a luminosidade através da pele do paciente e permitir a dissolução de gorduras mesmo em áreas pequenas, como as bolsas de celulite. “Ele atenua as ondulações da pele no caso da celulite, mas não a elimina por completo”, explica o cirurgião gaúcho Alberto Goldman, que já usou o método com cerca de 300 pacientes. Vale lembrar que a cirurgia somente é indicada após a paciente perder peso através de dietas e muita malhação. Não adianta recorrer à cirurgia plástica se você não tiver feito a sua parte…
Outra opinião: Segundo o cirurgião plástico Dr. Julio Morais, membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e professor da Faculdade de Medicina da USP, se o laser for mal aplicado pelo médico, a pele pode ser queimada e esse processo é irreversível. “A paciente deve ter cuidado no momento de optar por essa técnica, já que a lipoaspiração vem sendo realizada por dermatologistas, cirurgiões vasculares e outros profissionais que não são habilitados para esse tipo de tratamento. Essa é a razão de tantos erros médicos ligados à lipoaspiração, que podem levar inclusive à morte do paciente. A cirurgia à laser realmente traz vantagens no pós-operatório, mas tem um valor muito maior que a lipoaspiração tradicional, o que deve ser considerado também.”
Meninas, antes de vocês procurarem qualquer técnica de lipoaspiração ou cirurgia plástica, verifiquem se o médico é membro TITULAR da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Para o cirurgião ser titular, ele deve passar por um processo rígido de qualificação, o que garante a qualidade do profissional.
Bom… eu sou paciente do Dr. Julio há anos… e costumo dizer às minhas amigas a seguinte frase: “Deus no céu e Dr. Julio na terra.” Hehehehehehehehe… não preciso dizer mais nada, né?
Quanto custa: a lipo à laser varia entre 5 mil e 10 mil reais (dependendo de quanto de gordura precisa ser retirada).
Aonde fazer: existem poucos médicos utilizando a nova técnica, procure um membro TITULAR na Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

terça-feira, março 20, 2012


A origem da maquiagem

0
A utilização da maquiagem é tão antiga quanto a vaidade. Do francês maquiller originou–se a palavra maquiagem, a arte de embelezar, decorar e pintar o rosto e o corpo com produtos cosméticos.

Nas sociedades primitivas, homens e mulheres faziam uso da maquiagem aplicando sumo de plantas e animais, misturas de terra e pedras moídas para camuflar o rosto e corpo na adoração de seus deuses, ornamentação de festas, passagem de diferentes fases da vida(nascimento, puberdade, velhice, morte, etc), invocação de poderes mágicos, datas especiais, assim como para estabelecer hierarquias sociais.

Grandes e antigas civilizações viam a maquiagem como um instrumento de sedução, que conferia poder e status a seus usuários. No Antigo Egito, as mulheres despendiam horas em banhos embelezadores, massagens com unguentos suavizantes e aplicações de líquidos amarelados para uniformizar e suavizar a pele. Na maquiagem destacavam-se principalmente sobrancelhas e os olhos, acentuadamente delineados com preto do “Khol” o ancestral do delineador, enquanto as pálpebras eram coloridas com um pó esverdeado e a face com um pó marrom-avermelhado. Para finalizar, um toque de vermelho sobre os lábios.

Já os gregos eram adeptos de uma maquiagem mais discreta, cujas cores predominantes eram branco e vermelho utilizadas na face, marrom e verde-jade sobre os olhos e marrom-avermelhado nos lábios.
Para os romanos, o ideal de beleza consistia basicamente em um semblante luminoso, pele clareada com chumbo e sobrancelhas escurecidas.

Com o advento do cristianismo, o clero inicia uma campanha contra os artifícios dos cosméticos, condenando ao inferno as mulheres que, não satisfeitas com a obra do Criador, tentassem modificar sua aparência. O hábito de se maquiar atravessa um parcial período de estagnação, mas os navios do Oriente Médio continuam a abastecer um restrito, porém insistente mercado.

Apesar de rigorosa imposição da igreja, a Renascença resgatou, enfim, a decoração pessoal e o costume de se maquiar. O ideal de beleza nesta época era representado pela figura alva e pálida, alcançada através da aplicação, tanto no rosto quanto nos cabelos, de pó branco obtido a partir do caulim, gesso ou arroz (origem da denominação “pó de arroz”) devidamente moídos.

No início do século XX, graças a Revolução Industrial, a maquiagem toma novos rumos e o uso dos cosméticos é amplamente difundido no mundo inteiro. Os produtos de maquiagem passam a ser acondicionados em estojos decorativos, práticos, modernos e mais acessíveis economicamente. Sua aplicação é simplificada. As mulheres começam a explorar sua beleza livres de preconceitos e julgamentos.
A cada dia são descobertos novos produtos capazes de tornar as mulheres ainda mais bonitas e atraentes. 

Vivemos a plena era dos cosméticos. As pessoas assumem seus papeis, a fim de se conhecer, evoluir e viver melhor, acompanhando o ritmo acelerado dos novos tempos.
Afinal, hoje em dia, é difícil imaginar uma mulher que nunca tenha feito uso do recurso da maquiagem, mesmo que este se limite a realçar os lábios com um batom.

domingo, março 18, 2012


Tranças passo a passo

0

Em forma de tiara, frente e verso, semiembutida… E também básica, intermediária ou avançada. Escolha sua trança pelo visual ou pelo nível de dificuldade no nosso passo a passo.

TIARA - BÁSICO

Trança básica

Trança básica

Passo 1 - Divida os cabelos em três partes e trance as mechas laterais
Passo 2 - Faça um coque com a parte de trás
Passo 3 - Cruze uma das tranças por cima da cabeça e depois a outra. Prenda-as com grampinhos escondidos

PRINCESA LEIA - BÁSICO

Trança princesa

Trança princesa

Passo 1 - Faça uma risca no meio da cabeça e separe o cabelo em duas partes. Comece a trançar cada uma na altura da orelha para ficar mais firme
Passo 2 - Trance os dois lados até o fim e prenda as pontas com elástico transparente
Passo 3 - Enrole as tranças e vá prendendo com grampinhos escondidos até chegar na ponta. Três ou quatro grampos já dão conta do recado

FRENTE E VERSO - INTERMEDIÁRIO

Trança frente e verso

Trança frente e verso

Passo 1 - Faça uma risca lateral. Jogue a maior parte do cabelo para um lado formando um topete. Separe duas mechinhas do lado oposto desse topete
Passo 2 - Trance uma das mechinhas até o final e deixe a outra separada. Vire a trancinha pronta para o lado em que está o topete
Passo 3 - Junte a trancinha com parte do cabelo do lado do topete para fazer uma trança mais grossa. Prenda com elástico e puxe alguns fiozinhos
Passo 4 - Trance aquela outra mechinha que ficou separada e posicione-a para trás

SEMIEMBUTIDA - AVANÇADO

Trança embutida

Trança embutida

Passo 1 - Faça uma risca lateral. Comece um trançado com três mechas da parte de cima do seu cabelo.
Dê duas voltas nelas e pare
Passo 2 - Separe uma nova mecha para unir à do meio do trançado já iniciado. Repita esse processo de aderir uma nova mecha a cada duas voltas da trança
Passo 3 - Trance todo o comprimento dos cabelos até o final e prenda com um elástico transparente
Passo 4 - Esconda a trança na parte de trás da cabeça cobrindo-a com os cabelos soltos. Solte o cabelo
por cima da trança já presa com grampinhos 

Dica para o domingão: filme - Um Sonho Possível

0


Michael Oher (Quinton Aaron) sabe muito pouco sobre sua família. O que este adolescente sem teto conhece mesmo é a realidade das ruas e dos projetos de Memphis.

A bem nascida Leigh Anne Tuohy (Sandra Bullock) sabe muito pouco sobre esse mundo de Michael. Mas quando os dois se encontram, ele encontra um lar.

E ela encontra uma nova oportunidade em sua vida: a de amar um novo filho e irmão. Esta história, baseada em fatos reais, e poderosamente dramatizada com uma das melhores performances de Sandra Bullock, vencedora do Globo de Ouro® e do Oscar® de Melhor Atriz em 2009.

Desfrute essa memorável e inspiradora jornada de um atleta profissional que já era um vencedor antes mesmo de colocar os pés no campo.

Assistam o trailler




Onde encontrarSubmarino.com.br
Ocorreu um erro neste gadget

Como estou indo

LilySlim Weight charts

wibiya widget

My Fashiolista finds