sexta-feira, novembro 30, 2012


Dica de como organizar a maquiagem

0

Para pensar: "Sou um só, mas ainda assim sou um. Não posso fazer tudo, mas posso fazer alguma coisa. Por não poder fazer tudo, não me recusarei a fazer o pouco que posso. O que eu faço é uma gota no meio de um oceano, mas sem ela o oceano será menor." (MAX GEHRINGER)


Dica de como organizar a maquiagem


 A adoração por maquiagem tem se tornado muito comum entre as mulheres. E cada dia que passa, mais produtos são lançados no mercado. Há 2 tipos de mulheres que adoram maquiagem: aquela que se transforma e ainda aquela que gosta de destacar sua beleza natural.

Não importa em qual grupo você está, devem ter muitos produtos espalhados pela sua casa, necessaire e bolsa. Abaixo listaremos algumas dicas de como organizar e conservar sua maquiagem para facilitar na produção de um novo look:

• Nunca deixe sua maquiagem no banheiro. A mudança de temperatura e umidade constante pode fazer com que sua maquiagem dure menos.

• Prefira guardar toda a maquiagem em um lugar só. Uma boa opção é uma necessaire grande ou uma caixa com alça, que facilita na hora de transportar numa viagem. Os pincéis devem ser colocados numa cartela própria para evitar que se deformem. Separe os que são usados para sombra de acordo com a cor, por exemplo os usados para passar sombra verde devem ficar separados dos demais, e assim sucessivamente.

• Caso você nunca carregue seus produtos, uma ideia é colocá-los num organizador de maquiagem ou em estojos. Dessa forma todos os produtos ficarão de fácil acesso e não espalhados um em cada canto da casa.

• Separe os produtos por categorias. Exemplo: Pincéis, Olhos (sombras), Olhos (rímel, removedor e lápis), Face (corretivo, pó, base, blush) , Lábios (batom, gloss)

• Organizar os produtos por categorias fica mais fácil de ver também quando está na hora de comprar um novo produto ou se você ainda tem 3 batons novinhos.

Fique sempre atenda ao prazo de validade da sua maquiagem. Caso o prazo venha descrito apenas na embalagem e não diretamente no produto, lembre-se de escrevê-la em algum local para não correr o risco de aplicar na pele produtos vencidos que poderão ocasionar alergias, manchas e outros problemas de pele.

Rímel: 3 a 6 meses, em média
Bases, cremes hidratantes e demaquilantes: 6 a 8 meses
Pós, pancake, sombras, blush, gloss e batons: 1 ano
Lápis para contorno de olhos, boca e delineadores: 1 ano e 6 meses

Como limpar pincéis e esponja de maquiagem:

Pincéis de cerdas naturais devem receber o mesmo tratamento de um cabelo comum, devem ser lavados uma vez por mês com shampoo e condicionador. Deixe-os secar na horizontal para que não fiquem com agua nas cerdas e fiquem com mau cheiro. Verifique que estão completamente seco antes de guarda-los.

Pincéis com cerdas artificiais a lavagem convencional não é recomendada pois ela pode quebrar as cerdas ou descolá-las. Existem produtos especiais para serem usados na higienização de pinceis com cerdas
artificiais.

Pincéis pequenos de esponja para aplicação de sombra devem ter o excesso de pó retirado imediatamente após o seu uso.

As esponjas devem ser lavadas com frequência (1 vez por semana e substituídas a cada 4 lavagens e trocadas com regularidade para evitar que se acumulem fungos na mesma.

sexta-feira, novembro 23, 2012


Reeducação alimentar - O Segredo Revelado

0

Reeducação Alimentar

Reeducação alimentar é um termo muito comentado ultimamente como o "segredo" para eliminar peso e ter uma vida mais saudável, livre de doenças e do efeito sanfona.

Mas você sabe no que consiste esse processo?

Durante toda a nossa vida, principalmente na infância, aprendemos o que e como devemos comer com nossos pais e pessoas da nossa convivência, nem sempre alimentos saudáveis.

Quando ficamos mais velhos ou nos deparamos com alguma doença como hipertensão, colesterol ou mesmo com o sobrepeso, tomamos consciência da importância da alimentação para uma vida melhor e descobrimos que não nos alimentamos de forma balanceada.

Aí é que entra a reeducação alimentar, que na verdade consiste na mudança de alguns hábitos, mas sem deixar de fora o que faz parte da cultura do indivíduo.

A principal coisa que devemos aprender é que a reeducação alimentar não consiste em deixar de comer tudo o que gosta e passar a comer somente frutas, verduras, legumes e alimentos light. Muito pelo contrário, é aprender que você pode comer tudo, mas sem exageros e de forma equilibrada.

O ideal é que o processo seja feito individualmente e com orientação de uma nutricionista, pois uma recomendação pode ser adequada para uma pessoa mas não será para outra. Deve-se levar em conta o estilo de vida, assim como a presença de doenças pré-existentes.

Mas de maneira geral podemos pontuar algumas atitudes que qualquer pessoa pode adotar para "reeducar" a sua alimentação:

- Beba de 8 a 10 copos de água por dia;

- Evite o consumo de alimentos industrializados e fast-food;

- Substitua refrigerantes por sucos de frutas naturais;

- Inclua alimentos integrais no seu cardápio;

- Evite o consumo de alimentos ricos em gordura como: frituras, carnes gordas, queijos amarelos, manteiga;

- Doces são permitidos, mas esporadicamente e em pequena quantidade;

- Pratique atividade física regularmente.

Agora veja um exemplo de cardápio balanceado para a sua reeducação alimentar:

Tabela de nutrição


TABELA DE SUBSTITUIÇÃO

Tabela de substituição

Mudar hábitos não é fácil. É uma tarefa que requer esforço e disciplina, mas é possível. Quando o objetivo maior é a saúde, a prevenção de doenças e o melhor aproveitamento do organismo, o esforço vale a pena. 

E o mais importante, tenha prazer ao se alimentar. Tudo o que fazemos encarando como sacrifício e sofrimento, não conseguimos manter por muito tempo.
Por:
Camila Rebouças de Castro
Nutricionista - CRN-3 14.112

segunda-feira, novembro 19, 2012


13 dicas para ter uma mente magra

0

1. Mude seu pensamento:  Pense em saúde não em dieta, assim você estará fazendo escolhas alimentares melhores, se cuidando e, o emagrecimento será consequência dessas escolhas.
2. Tente pensar nos alimentos de forma igual, por exemplo: Maçã e chocolate…um não é melhor ou mais gostoso que o outro, são alimentos diferentes, cada um com sua textura e sabor, quando se esta com vontade de maçã, o chocolate não serviria e, vice-versa. Mudar a relação com eles, o melhor é aquele que estamos querendo naquele momento!
3. Tire da mente a palavra “proibido”.  A proibição leva à compulsão, se perceber, ninguém tem compulsão por cenoura, alface, tomate, maçã, etc.As compulsões sempre são de massas, pães, doces, chocolates…os alimentos ditos “proibidos”.
4. Comer é sinônimo de prazer, então faça com que este prazer seja real. Se vc engole a comida rapidamente não sente o sabor do alimento que vc escolheu, coma devagar,saboreando…tente acertar que temperos foram usados, se a temperatura do alimento esta a seu agrado, além de que, devagar dará tempo de seu cérebro te avisar se voce já está satisfeita.
5. Não deixe que a comida seja o único prazer em sua vida! Muitas vezes comemos sem nescessidade procurando uma sensação de bem-estar. Arranje outros prazeres, faça mais coisas de que gosta. Agrade-se! Assim,você usará a comida apenas para matar a fome, consequentemente, emagrecerá!
6. Escolha as roupas que vai usar no dia, combine cores, tecidos e modelos. Não use a primeira que estiver em sua frente, nunca fique “largada”. Sinta-se mais bonita, arrumada mesmo estando acima do peso. Só emagrece quem se gosta!
7. Lembre-se sempre!! VOCÊ NÃO É QUALQUER PESSOA PARA COMER QUALQUER COISA, seja mais exigente,você merece!
8. Comece a praticar algum esporte, exercicio fisico ou caminhada. Quando sentimos que estamos nos cuidando, nossa auto-estima aumenta ajudando a nos cuidar cada vez mais, mas escolha uma atividade física que te de prazer! Será um prazer a mais que você não procurará na comida, além de ajudá-la a emagrecer.
9. Preste atenção em si mesma e valorize-se em outros aspectos como a personalidade, suas qualidades como pessoa, as partes do corpo de que gosta e procure tê-las em mente. Isso te dará ânimo, força, auto-estima e, auto-confiança quando se sentir desanimada para se cuidar, para continuar a emagrecer e alcançar seu objetivo!
10. Não se culpe quando tiver algum comportamento que não deseja, como comer demais.Perdoe-se e procure aprender com a experiência para não repeti-la mais tarde. Culpar-se, xingar-se, não vai resolver este problema, só faz com que você abaixe ainda mais a sua auto-estima, fazendo com que você se sinta mal e, provavelmente, procurará consolo em mais alimentos “gostosos”. Saia desse circulo vicioso se tratando bem, com mais paciencia e carinho.
11. Não deixe que sua alimentação funcione no automático, crie consciência de seus comportamentos alimentares. Sempre pense antes de comer: se é fome, o que quer comer, o quanto vai comer…não coma só porque te ofereceram, ou só porque outros estão comendo, ou porque você come todo dia aquele horário, enfim…ter a consciência do que e quanto come depende de você!
12. Esta é importante: Não beliscar…sempre que vc quiser comer algo,além de se perguntar antes se é fome e, o que vai escolher,visualize seu prato…não importa o que seja, já que nada é proibido, mas nosso cérebro tem que ver o que e quanto vamos comer para se sentir satisfeito. Parece estranho,mas se você pega um pedacinho de queijo, uma bolachinha, depois de um tempo, uma azeitona, etc. Ao final de uma tarde, você ainda não sente que comeu muito, pois seu cérebro não visualizou uma quantidade, fica “parecendo” que você não comeu nada! E você ainda vai jantar normalmente…Comece a fazer assim, quando quiser comer pegue um prato e coloque tudo o que pretende comer, colocando a bolacha, o queijo, a azeitona,e etc…você visualiza a quantidade e seu cérebro registra que você comeu e, que talvez você perceba que já foi suficiente e mude seu jantar ou nem precise dele. Registrado e você estando satisfeita, evita comer em excesso…e, emagrece!
13. Se você já tentou várias dietas e “fracassou”, ou porque nem chegou a seu objetivo, ou porque chegou e voltou a engordar, aprenda a lidar com este sentimento e use-o a seu favor, para te ajudar a emagrecer definitivamente: Se voce fracassou, não significa que você tem falta de capacidade… Significa que você deve fazer algo de modo diferente. Não significa que você é inferior… Significa que você não é perfeito, ninguém é perfeito, todos erram, fracassam. Não significa que você desperdiçou sua vida… Significa que você tem motivos para começar de novo. Fracasso não significa que você deve desistir… Significa que deve lutar com maior afinco. Se conheça, aprenda com os erros, não se recrimine, se trate bem, se dê chances, preste atenção a seus comportamentos para poder fazer escolhas melhores, que tenham mais a ver com você e, com o que você quer da vida e das outras pessoas. Não dê tanta importância a possíveis críticas, ao que as pessoas podem falar de você e de suas atitudes. Siga seu coração. Através do auto-conhecimento podemos sim prever os possíveis fracassos e, fazer opções melhores, a nosso favor.
Redescoberta do sabor. Um dos piores hábitos praticados à mesa é o de “mascarar” o verdadeiro sabor dos alimentos. Ex.: colocar açúcar no suco de laranja, ou encher de catchup, shoyo, mostarda e outros condimentos o prato de comida. Talvez seja um dos aprendizados mais difíceis saber distinguir o sabor original. Tente. Você não vai apenas descobrir o que realmente gosta, mas também treinar o paladar, o que lhe dará poder e controle sobre o que come, ajudando a emagrecer.

terça-feira, abril 24, 2012


Em cartaz

0

Olá pessoal,
hoje trouxe uma dica para assistir no cinema com a familia,

No próximo dia 27 extréias nos cinemas o novo filme da Marvel,   Os Vingadores.

Sinopse
Os Vingadores gira em torno da célebre equipe de super-heróis constituída por Hulk, Capitão América, Homem de Ferro, Thor, Viúva Negra e Gavião Arqueiro, todos recrutados pelo diretor da Agência Internacional de Paz, Nick Fury, para combater o terrível Loki, um inimigo extraterrestre cujo objetivo é dominar o planeta Terra.
Pra quem não se lembra, Loki é irmão adotivo de Thor e após sua tentativa de tomar o trono do irmão, fica perdido no espaço entre os reinos.


Assista aqui o Trailler


Animados?
Eu verei na primeira oportunidade!

Caio Augusto Saldanha

Colaborador

sábado, março 24, 2012


Você sabe marcar seu côncavo ?

0
Dicas sobre marcação de côncavo, que é um assunto que eu tenho certeza de que muita gente tem dúvidas.Muitas vezes aprendemos a nos maquiar vendo fotos/vídeos de pessoas que possuem um formato de olho bem diferente do nosso. Ou queremos copiar o esfumado da atriz na novela, mas nunca fica igual. Ou então saber onde é o danado a gente até sabe, mas daí a saber o que fazer com ele + um pincel + uma sombra, já vai um caminho…  
É que cada tipo de olho demanda um tipo de marcação de côncavo, e nos resta observar o nosso pra saber o que fazer.

O mapa da mina

Com problemas pra identificar o seu côncavo? Bom, ele fica exatamente entre a pálpebra móvel e o 
ossinho do olho.
Pra ilustrar, vejam essa foto abaixo.

Dependendo do seu tipo de olho, e também do efeito que você quer com a maquiagem, a sombra pode “subir” mais ou menos. Mas quando a gente ouve falar de marcar o côncavo, esse é basicamente o desenho.
Qualquer pincel serve?
Sim e não. Não tem aquela história do jeitinho brasileiro? Então.
Não há dúvidas que bons pincéis fazem muita diferença no acabamento do make. Mas se você não tiver um pincel de esfumar, fazer o quê? Dar um jeitinho, uai! Já esfumaram meu olho até com pincel chanfrado! rs
Mas esses são os indicados:


Na hora de escolher qual pincel será usado pra esfumar, pense no que você quer.
Pra obter um efeito mais marcado, escolha um pincel de cerdas firmes, como o 219 ou o 217 da MAC (fotos 1 e 2 respectivamente). Pra um côncavo bem esfumado, escolha pincéis mais macios, como o E50 da Sigma (foto 3) ou o 224 da MAC (foto 4). Pra saber se um pincel é macio ou firme, basta bater com a ponta dos dedos na ponta das cerdas – se o dedo “afundar”, o pincel é macio; se ”espetar”, é firme.
E se você não tiver um pincel específico pra esfumar, improvise: pincéis de boca geralmente dão pro gasto .

Comofás!
Passe o pincel na sombra, retire o excesso, e comece a movimentá-lo de fora dentro. Daí faça movimentos de vai e vem – do canto externo pro interno e vice-versa.
Pro esfumado ficar bem suave, faça movimentos curtos do côncavo pra fora.
Tem quem goste de fazer movimentos circulares também – pessoalmente, acho o mais difícil.
Todo cuidado é pouco na fronteira entre as cores (pálpebra móvel pro côncavo, côncavo pro arco da sobrancelha). O diferencial do make bem feito é esse! A passagem de uma cor pra outra deve ser homogênea.

A cor ideal pra esfumar
Os marrons são coringa, vão com tudo. Se você quiser um efeito bem suave, tipo não-make, use uma sombra bege ou amarronzada apenas uns dois ou três tons mais escura que a sua pele. Pro dia a dia, evite o preto, especialmente se você trabalhar em ambientes mais formais.
E pra não manchar a maquiagem, use o truque da passagem de cor: se a idéia for fazer um côncavo preto, comece com uma sombra bege, depois aplique a marrom e só então a preta; se for um olho roxo escuro, aplique primeiro um bege rosado, depois um lilás e por último o roxo.
E lembre-se: como o objetivo é marcar/delimitar a área, use de preferência sombras opacas.

A sobrancelha é o limite!
Até onde levar o esfumado? Coloque o cabo do pincel sobre dois pontos, o canto externo do olho e o final da sobrancelha. Daí pra dentro é que você vai trabalhar o esfumado.
Passando dessa linha imaginária, você corre o risco de ficar com aspecto de olho caído. Limpe a sombra que ultrapassou o ponto com uma esponja queijinho (se for muito escura, comece pelo olho ao invés da pele, e use um cotonete com demaquilante).

Côncavo personalizado
Veja na imagem abaixo onde você deve marcar, escurecer e esfumar o côncavo de acordo com cada formato de olho:

quarta-feira, março 21, 2012


Lipoaspiração à laser

0
Fonte


Com a chegada do verão nós todas ficamos enlouquecidas na hora de mostrar o corpinho na areia… Sonhamos com aquela barriguinha chapada, bumbum durinho e coxas definidas… mas já contamos com uma técnica nova de lipoaspiração, bem menos agressiva, que elimina as gordurinhas localizadas, tão difíceis de queimar na academia.
Estou falando da lipoaspiração à laser… Nós já conhecemos outras diversas aplicações do laser na estética, como tratamento para eliminar tatuagem, tratamento de varizes, depilação, etc… O bom dos raios laser é que sua aplicação é seletiva, ou seja, o cirurgião pode determinar o comprimento de sua onda para atingir locais bastante específicos. Recentemente foi descoberto que, determinado comprimento de onda, é capaz também de destruir as células de gordura, transformando-as em óleo para serem aspiradas por uma cânula… não é o máximo? Ao invés do cirurgião te deixar toda marcada e cheia de hematomas usando somente a cânula, agora o processo ficou bem mais suave e seu pós-operatório é muito menos dolorido.
Quais as vantagens? Você perde menos sangue e sais minerais, já que o laser não machuca tanto os vasos sanguíneos. Outra vantagem é que o inchaço do pós-operatório é muito menor e você pode voltar às atividades no dia seguinte. Outros méritos do laser são facilitar a pontaria do cirurgião, que pode ver a luminosidade através da pele do paciente e permitir a dissolução de gorduras mesmo em áreas pequenas, como as bolsas de celulite. “Ele atenua as ondulações da pele no caso da celulite, mas não a elimina por completo”, explica o cirurgião gaúcho Alberto Goldman, que já usou o método com cerca de 300 pacientes. Vale lembrar que a cirurgia somente é indicada após a paciente perder peso através de dietas e muita malhação. Não adianta recorrer à cirurgia plástica se você não tiver feito a sua parte…
Outra opinião: Segundo o cirurgião plástico Dr. Julio Morais, membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e professor da Faculdade de Medicina da USP, se o laser for mal aplicado pelo médico, a pele pode ser queimada e esse processo é irreversível. “A paciente deve ter cuidado no momento de optar por essa técnica, já que a lipoaspiração vem sendo realizada por dermatologistas, cirurgiões vasculares e outros profissionais que não são habilitados para esse tipo de tratamento. Essa é a razão de tantos erros médicos ligados à lipoaspiração, que podem levar inclusive à morte do paciente. A cirurgia à laser realmente traz vantagens no pós-operatório, mas tem um valor muito maior que a lipoaspiração tradicional, o que deve ser considerado também.”
Meninas, antes de vocês procurarem qualquer técnica de lipoaspiração ou cirurgia plástica, verifiquem se o médico é membro TITULAR da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Para o cirurgião ser titular, ele deve passar por um processo rígido de qualificação, o que garante a qualidade do profissional.
Bom… eu sou paciente do Dr. Julio há anos… e costumo dizer às minhas amigas a seguinte frase: “Deus no céu e Dr. Julio na terra.” Hehehehehehehehe… não preciso dizer mais nada, né?
Quanto custa: a lipo à laser varia entre 5 mil e 10 mil reais (dependendo de quanto de gordura precisa ser retirada).
Aonde fazer: existem poucos médicos utilizando a nova técnica, procure um membro TITULAR na Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

terça-feira, março 20, 2012


A origem da maquiagem

0
A utilização da maquiagem é tão antiga quanto a vaidade. Do francês maquiller originou–se a palavra maquiagem, a arte de embelezar, decorar e pintar o rosto e o corpo com produtos cosméticos.

Nas sociedades primitivas, homens e mulheres faziam uso da maquiagem aplicando sumo de plantas e animais, misturas de terra e pedras moídas para camuflar o rosto e corpo na adoração de seus deuses, ornamentação de festas, passagem de diferentes fases da vida(nascimento, puberdade, velhice, morte, etc), invocação de poderes mágicos, datas especiais, assim como para estabelecer hierarquias sociais.

Grandes e antigas civilizações viam a maquiagem como um instrumento de sedução, que conferia poder e status a seus usuários. No Antigo Egito, as mulheres despendiam horas em banhos embelezadores, massagens com unguentos suavizantes e aplicações de líquidos amarelados para uniformizar e suavizar a pele. Na maquiagem destacavam-se principalmente sobrancelhas e os olhos, acentuadamente delineados com preto do “Khol” o ancestral do delineador, enquanto as pálpebras eram coloridas com um pó esverdeado e a face com um pó marrom-avermelhado. Para finalizar, um toque de vermelho sobre os lábios.

Já os gregos eram adeptos de uma maquiagem mais discreta, cujas cores predominantes eram branco e vermelho utilizadas na face, marrom e verde-jade sobre os olhos e marrom-avermelhado nos lábios.
Para os romanos, o ideal de beleza consistia basicamente em um semblante luminoso, pele clareada com chumbo e sobrancelhas escurecidas.

Com o advento do cristianismo, o clero inicia uma campanha contra os artifícios dos cosméticos, condenando ao inferno as mulheres que, não satisfeitas com a obra do Criador, tentassem modificar sua aparência. O hábito de se maquiar atravessa um parcial período de estagnação, mas os navios do Oriente Médio continuam a abastecer um restrito, porém insistente mercado.

Apesar de rigorosa imposição da igreja, a Renascença resgatou, enfim, a decoração pessoal e o costume de se maquiar. O ideal de beleza nesta época era representado pela figura alva e pálida, alcançada através da aplicação, tanto no rosto quanto nos cabelos, de pó branco obtido a partir do caulim, gesso ou arroz (origem da denominação “pó de arroz”) devidamente moídos.

No início do século XX, graças a Revolução Industrial, a maquiagem toma novos rumos e o uso dos cosméticos é amplamente difundido no mundo inteiro. Os produtos de maquiagem passam a ser acondicionados em estojos decorativos, práticos, modernos e mais acessíveis economicamente. Sua aplicação é simplificada. As mulheres começam a explorar sua beleza livres de preconceitos e julgamentos.
A cada dia são descobertos novos produtos capazes de tornar as mulheres ainda mais bonitas e atraentes. 

Vivemos a plena era dos cosméticos. As pessoas assumem seus papeis, a fim de se conhecer, evoluir e viver melhor, acompanhando o ritmo acelerado dos novos tempos.
Afinal, hoje em dia, é difícil imaginar uma mulher que nunca tenha feito uso do recurso da maquiagem, mesmo que este se limite a realçar os lábios com um batom.

domingo, março 18, 2012


Tranças passo a passo

0

Em forma de tiara, frente e verso, semiembutida… E também básica, intermediária ou avançada. Escolha sua trança pelo visual ou pelo nível de dificuldade no nosso passo a passo.

TIARA - BÁSICO

Trança básica

Trança básica

Passo 1 - Divida os cabelos em três partes e trance as mechas laterais
Passo 2 - Faça um coque com a parte de trás
Passo 3 - Cruze uma das tranças por cima da cabeça e depois a outra. Prenda-as com grampinhos escondidos

PRINCESA LEIA - BÁSICO

Trança princesa

Trança princesa

Passo 1 - Faça uma risca no meio da cabeça e separe o cabelo em duas partes. Comece a trançar cada uma na altura da orelha para ficar mais firme
Passo 2 - Trance os dois lados até o fim e prenda as pontas com elástico transparente
Passo 3 - Enrole as tranças e vá prendendo com grampinhos escondidos até chegar na ponta. Três ou quatro grampos já dão conta do recado

FRENTE E VERSO - INTERMEDIÁRIO

Trança frente e verso

Trança frente e verso

Passo 1 - Faça uma risca lateral. Jogue a maior parte do cabelo para um lado formando um topete. Separe duas mechinhas do lado oposto desse topete
Passo 2 - Trance uma das mechinhas até o final e deixe a outra separada. Vire a trancinha pronta para o lado em que está o topete
Passo 3 - Junte a trancinha com parte do cabelo do lado do topete para fazer uma trança mais grossa. Prenda com elástico e puxe alguns fiozinhos
Passo 4 - Trance aquela outra mechinha que ficou separada e posicione-a para trás

SEMIEMBUTIDA - AVANÇADO

Trança embutida

Trança embutida

Passo 1 - Faça uma risca lateral. Comece um trançado com três mechas da parte de cima do seu cabelo.
Dê duas voltas nelas e pare
Passo 2 - Separe uma nova mecha para unir à do meio do trançado já iniciado. Repita esse processo de aderir uma nova mecha a cada duas voltas da trança
Passo 3 - Trance todo o comprimento dos cabelos até o final e prenda com um elástico transparente
Passo 4 - Esconda a trança na parte de trás da cabeça cobrindo-a com os cabelos soltos. Solte o cabelo
por cima da trança já presa com grampinhos 

Dica para o domingão: filme - Um Sonho Possível

0


Michael Oher (Quinton Aaron) sabe muito pouco sobre sua família. O que este adolescente sem teto conhece mesmo é a realidade das ruas e dos projetos de Memphis.

A bem nascida Leigh Anne Tuohy (Sandra Bullock) sabe muito pouco sobre esse mundo de Michael. Mas quando os dois se encontram, ele encontra um lar.

E ela encontra uma nova oportunidade em sua vida: a de amar um novo filho e irmão. Esta história, baseada em fatos reais, e poderosamente dramatizada com uma das melhores performances de Sandra Bullock, vencedora do Globo de Ouro® e do Oscar® de Melhor Atriz em 2009.

Desfrute essa memorável e inspiradora jornada de um atleta profissional que já era um vencedor antes mesmo de colocar os pés no campo.

Assistam o trailler




Onde encontrarSubmarino.com.br

terça-feira, fevereiro 21, 2012


Pele com brilho Certo

0

Fonte: Rosana Faria de Freitas. Fotos: John Akehurst/trunkarchive.com


Foto: John Akehurst/trunkarchive.comFoto: John Akehurst/trunkarchive.com

Saiba como combater a oleosidade excessiva e trocar o ar gorduroso por uma pele fresca e iluminada com estas 23 questões sobre o tema



1. Quais as principais características da pele oleosa e qual a melhor forma de identificar se a gente tem?
A pele brilha, tem poros dilatados e pode apresentar cravos e espinhas, que, em geral, aparecem mais na zona T (testa, nariz e queixo). “Um teste simples permite a identificação: passe o dedo indicador sobre a testa no fim do dia. Se deslizar facilmente, está confirmado”, ensina a dermatologista Ana Lúcia Recio, de São Paulo.
2. Em países com clima tropical, como o nosso, esse tipo de pele é mais comum?
“No Brasil, como o calor e a umidade do ar são mais elevados em boa parte do ano, a pele tem tendência a ficar mais brilhante e gordurosa”, diz a dermatologista Ana Carina Junqueira Bertin, da Clínica Adriana Vilarinho, em São Paulo. Uma pesquisa feita pelo Ibope a pedido da L’Oréal revela que 54% das brasileiras têm esse tipo de pele.
3. Quais são as diferenças entre a pele oleosa e a mista? Os cuidados básicos são os mesmos?
Na primeira, o excesso de oleosidade acomete toda a face. Na segunda, atinge mais a zona T. Os cuidados são parecidos, mas os produtos devem ser diferentes, sempre adequados a cada tipo. Quem tem pele mista precisa ficar especialmente atenta para não acabar ressecando demais as bochechas.
4. Quais são os principais fatores que levam a pessoa a ter uma pele oleosa? Dá para evitá-los?
A herança genética é a principal causa, e não há como evitá-la, embora seja possível aprender a lidar com o problema. Outros fatores contribuem, como alterações hormonais. Por isso é mais comum termos pele oleosa na adolescência, quando os hormônios estão em grande atividade.
5. A qualidade da alimentação influencia mesmo no problema da oleosidade? De que maneira?
Essa questão é polêmica. Alguns médicos acreditam que a ingestão de frituras e comidas gordurosas em geral contribuem para incrementar a atividade das glândulas sebáceas; outros dizem que não. Só um ponto é consenso: uma dieta pobre em nutrientes prejudica a pele, o cabelo e as unhas – e uma saudável ajuda a trazer saúde e beleza.
6. E no caso do chocolate, existe comprovação de que ele pode agravar o problema?
“Como ele contém muita gordura saturada, não é incomum que pessoas com propensão ao desenvolvimento de acne tenham mais lesões após o abuso de chocolate por causa do papel dos ácidos graxos no organismo”, explica a dermatologista e cirurgiã capilar Leila Bloch, de São Paulo. É que, quando “atacados”, os ácidos graxos reagem desencadeando um processo inflamatório.
7. Quais são as vantagens de se ter pele oleosa? É verdade, como dizem, que ela envelhece menos?
Não é verdade. “Envelhecimento depende de fatores genéticos e ambientais, como sol, fumo e poluição”, diz a dermatologista Ediléia Bagatin, de São Paulo. Segundo ela, a pele oleosa tende a ser mais espessa, o que pode fornecer mais proteção contra agressões externas. Essa seria a “vantagem”.
8. E as desvantagens? É indiscutível, por exemplo, que a incidência de acnes é maior.
De fato, a tendência à acne é maior, assim como a manchas e cicatrizes decorrentes desse problema. E os poros costumam ser dilatados. “Além disso, por falta de informação, as pessoas que têm esse tipo de pele podem exagerar nos sabonetes agressivos e provocar ressecamento”, avalia o cosmetólogo Maurício Pupo, de São Paulo.
9. Em relação aos cuidados diários, existe alguma recomendação importante para quem tem pele oleosa?
Higienize o rosto só duas vezes ao dia, de manhã e à noite. “Lavar excessivamente piora o problema porque a pele resseca e o organismo entende que precisa produzir oleosidade extra”, avisa Ana Lúcia Recio. É o chamado efeito rebote. Use água na temperatura morna ou fria e não esfregue demais ou passe bucha, pois isso estimularia ainda mais as glândulas sebáceas.
10. Que outras etapas são consideradas indispensáveis na rotina de cuidados?
Seja qual for o tipo de pele, a sequência inclui limpar, tonificar e hidratar. Assim, após a lavagem, tonifique com produtos adstringentes sem (ou com pouco) álcool na fórmula, para promover a contração dos poros, equilibrar o pH, acalmar e refrescar a pele. E aplique um hidratante sem óleo.
11. Vira e mexe a gente ouve falar que a pele oleosa não precisa de muita hidratação. Isso é correto?
Uma coisa é diferente da outra, ou seja, é possível ter pele oleosa e desidratada. “Então, não se pode esquecer da hidratação nunca, sempre com produtos que contenham mais substâncias aquosas, como glicerina e ácido hialurônico, e menos ativos oleosos, como óleo de amêndoas e manteiga de karité”, salienta Pupo.
12. Então, é mesmo fundamental só utilizar produtos específicos para esse tipo de pele?
Sim, todos os integrantes do nécessaire devem ser formulados para pele oleosa. “Isso significa só usar cosméticos, medicamentos e filtros solares em versões consideradas mais leves, como gel, gel creme e sérum. Os sabonetes também devem ser especiais, com agentes capazes de reduzir a oleosidade”, diz a dermatologista Patrícia Ormiga, do Rio de Janeiro.
13. Que substâncias têm o poder de controlar a oleosidade, ou seja, o que procurar nos rótulos?
Alguns componentes com esse poder: extratos de sálvia e camomila, óleo de malaleuca, chá-verde, calêndula, hamamélis, hortelã, cânfora e mentol, presentes em tonificantes. Já os sabonetes antissépticos e as loções adstringentes ou secativas podem conter triclosan, ácido salicílico e peróxido de benzoíla ou enxofre.
14. Os poros sempre se dilatam? Por que isso acontece? E o que se deve fazer para lidar com o problema?
Sim, sempre se tornam maiores. Aliás, esse é um dos grandes problemas da pele oleosa. Os poros ficam dilatados porque não conseguem se livrar do excesso de secreção. Uma indicação é aplicar produtos que controlem a oleosidade, como loções secativas e tônicos. Outra é usar ácido retinoico, com acompanhamento médico.
15. Quer dizer que, de uma maneira geral, os ácidos são recomendados para inibir a oleosidade?
Os ácidos podem ser usados, mas vale ressaltar que não reduzem, de verdade, a atividade das glândulas sebáceas. “O que fazem é ressecar a superfície da pele, melhorando a aparência geral. E diminuem as manchas, clareiam lesões de acne e reduzem o aspecto de pele fotoenvelhecida”, diz a dermatologista Doris Hexsel, de São Paulo.
16. Há outros métodos mais radicais e, ao mesmo tempo, eficazes para combater a oleosidade excessiva?
Antes de tudo, é essencial uma avaliação dermatológica com investigação das causas específicas. A princípio, porém, Doris Hexsel indica dois procedimentos para diminuir a atividade das glândulas sebáceas: uso de isotretinoína oral e terapia fotodinâmica, que é a aplicação de ativos seguida de luz ou laser. Ambos necessitam de acompanhamento médico.
17. Adianta alguma coisa para quem tem pele oleosa fazer esfoliação com frequência?
O procedimento, que remove as células mortas da superfície, a sujeira acumulada e os resíduos de sebo, é muito benéfico. Só não pode exagerar. A indicação é uma vez por semana, se for uma esfoliação vigorosa, ou até três, se bem suave. Mas atenção: se você nunca se submeteu a uma esfoliação e fizer isso pela primeira vez, poderá notar que a superfície se tornou até mais gordurosa. “Isso ocorre por causa da massagem e da própria desobstrução dos poros, que mantinham o sebo represado”, avisa o cosmetólogo Pupo. E acrescenta: “O segredo é a persistência”. Ou seja, insista até que os poros desobstruam completamente.
18. Por que sempre se ouve falar que o estresse tem efeito negativo sobre a pele oleosa?
É difícil medir o efeito exato do estresse sobre a oleosidade. Mas experts acreditam que ele pode, sim, aumentar a secreção sebácea. Pupo sustenta que o sistema nervoso faz uma “verdadeira bagunça” no nosso corpo, principalmente nos hormônios. “Basta reparar como não é raro aparecerem lesões de acne nas vésperas de provas ou de eventos importantes, como o casamento.”
19. O sol traz algum benefício? A sensação é de que ele consegue “secar” as espinhas...
Apesar de a exposição ter efeito cicatrizante, o sol pode aumentar a produção de sebo, além de ser o principal causador de envelhecimento e do câncer de pele. “Assim, o uso de filtro solar é obrigatório para todos os tipos de pele, até em dias nublados e em horários de menor intensidade dos raios ultravioletas”, afirma Doris.
20. Muita gente comenta que o protetor solar aumenta a oleosidade. Mesmo assim, precisa usar?
É preciso escolher um filtro solar adequado. “O protetor ideal para a pele oleosa é leve, em forma de gel, gel creme ou musse, e deve ser aplicado pelo menos duas vezes ao dia em todo o rosto”, afirma Ana Carina. O fator de proteção mínimo recomendado é 30.
21. No caso da maquiagem, que tipo de produto é mais recomendado?
Principalmente nos corretivos e nas bases, prefira os oil free e de textura fluida, que não agregam mais óleo à pele nem obstruem os poros. Também são aconselháveis itens hipoalergênicos, para evitar irritações e alergias. Se a oleosidade for grave, uma opção é trocar o corretivo e a base por itens mais leves, como pós.
22. O primer é um bom aliado para quem tem pele oleosa? Ele consegue uniformizar a pele antes do make?
Certamente é um bom aliado. Desenvolvido para ser um produto pré-make, aplicado antes mesmo da base, o primer é formulado com micropartículas que refletem a luz e deixam a pele com ar aveludado, suavizando os poros dilatados e as linhas finas. Ainda prolonga a duração da maquiagem.
23. Quando a pele da gente é oleosa, o cabelo necessariamente também é?
Não é uma regra: peles oleosas, mistas e secas podem vir acompanhadas ou não de cabelos com iguais características. “A produção de óleo vem das glândulas sebáceas. Elas estão espalhadas pelo nosso corpo todo, mas algumas áreas têm mais glândulas do que outras e, além disso, cada glândula reage de uma forma”, afirma Ana Carina.
Foto:    Divulgação
Foto:    Divulgação








Ocorreu um erro neste gadget

Como estou indo

LilySlim Weight charts

wibiya widget

My Fashiolista finds